Quando um proprietário de casa, apartamento ou sala comercial pretende colocar o imóvel para locação sempre bate uma dúvida, qual valor cobrar de aluguel. Para resolver este cálculo devemos analisar uma série de fatores.
É importante ao proprietário estabelecer um valor para que não fique muito caro, caso isso aconteça pode ficar um longo período sem alugar o imóvel. E nem cobrar pouco para não perder dinheiro.

1º Passo:
Busque cobrar um percentual sobre o valor do imóvel. Antigamente se cobrava 1% do valor do imóvel. Por exemplo: Se um apartamento era de R$ 100.000,00 o aluguel ficava em torno de R$ 1.000,00. Mas com a alta imobiliária esse percentual acabou ficando muito alto. Hoje o mais comum é encontrarmos valores de aluguéis de 0,5% a 0,75% do valor do imóvel.

2º Passo:
Pretende alugar mobiliado ou sem mobília? Se for com os móveis prontos para morar você pode cobrar de 20% a 30% a mais em função da estrutura oferecida.

3º Passo:
Pesquise os valores cobrados por imóveis semelhantes. Para auxiliar busque comparar com aqueles que possuem a mesma metragem, condomínios com infraestrutura parecida, mesmo número de quartos e banheiros. Isso pode te dar um norte.

4º Passo:
Avalie sua localização, visto que imóveis idênticos variam de valor de local para local. Isto acontece porque uns são mais próximos de determinados centros que outros. Ou também possuem locais onde são mais “calmos”, o que sugere maior tranquilidade para os inquilinos.

Então faça o seguinte cálculo:

– Calcule de 0,5% a 0,75% do valor de seu imóvel.

– Depois adicione de 20% a 30% no valor caso esteja mobiliado.

– Para finalizar compare com imóveis semelhantes e se possível em uma localização próxima.

Lembre-se que enquanto não estiver locado o proprietário é responsável pelo pagamento do condomínio e IPTU do imóvel.