Quem nunca passou por uma situação de desconforto com o barulho de seu (a) vizinho (a) que atire a primeira pedra. Não importa se o imóvel é novo ou não. Mesmo apartamentos considerados de luxo trazem este “problema”. Pois os materiais utilizados na construção como pisos “duro” e paredes mais finas contribuem para o aumento do som.
É normal o tráfego de pessoas, reformas, barulho de saltos, cachorros, tv, crianças etc. Por isso é importante que se mantenha um registro detalhando os horários destes barulhos.
Existe uma legislação para o limite do ruído provocado por um apartamento. O Art. 1.336 garantido pelo código civil onde diz que não devemos utilizar a edificação de maneira prejudicial ao sossego dos nossos vizinhos. Lembrem-se que também cada condomínio tem suas regras referentes aos horários de silêncio.

O que posso fazer para evitar o barulho do (a) vizinha (a):

1- Primeiro devemos conversar com o vizinho caso este esteja abusando do barulho.
2- Caso o diálogo não funcione existem meios de blindar os ruídos como o drywall (chapas de gesso revestidos com lã) e vedação de janelas.
3- Documentar os barulhos. Por exemplo, gravar os sons do vizinho do andar de cima.
4- Fazer um pedido por escrito de forma educada tentando achar uma solução amigável.
5- Cobrar seu síndico nas convenções, mesmo em um imóvel alugado seus direitos são os mesmos de um proprietário.
6- Saber o que realmente é excessivo. Por exemplo, pregar uma parede durante o dia pode não violar a lei de ruído, a não ser que seja durante horas.

Como eu posso evitar de fazer barulho:
1- Conhecendo as regras do condomínio para respeitar o horário de silêncio.
2- Se você tem filhos, o ideal é colocar piso emborrachado ou carpete no quarto das crianças.
3- Costuma tocar um instrumento? Então coloque um revestimento acústico no ambiente.
4- A casa tem piso frio? Pode-se usar tapetes. Além de ficar mais bonita ajuda a solucionar o problema de barulho para o morador do andar de baixo.
5- Usar sempre o bom senso. Quando der alguma festa convide ou comunique seus vizinhos.

Converse sempre com seu vizinho em relação ao barulho. O importante é conviver em harmonia.