Administrar um condomínio com competência não é uma tarefa fácil. Exige paciência, desenvolvimento pessoal e atitude para tomar decisões importantes.
Para quem deseja “aventurar-se” nesta área, nosso conselho é: pare agora mesmo! Cada vez mais os condomínios necessitam de empresas, serviços e pessoas dedicadas 100% na resolução de problemas, que vão de desentendimentos entre moradores a melhorias do condomínio.

Pensando nisso separamos 5 pontos importantes para uma boa gestão:

1- Bom relacionamento:
A base de tudo começa com um bom relacionamento com moradores e prestadores de serviços. É muito mais difícil solucionar os problemas do condomínio se não houver colaboração por parte dos envolvidos. Por isso o profissional ou empresa contratada deve manter sempre o bom relacionamento para transmitir amizade e confiança a todos.

2 – Saúde financeira:
Deve-se batalhar para manter o condomínio “no azul”. Inadimplência é comum, imprevistos também, mas cabe ao administrador saber gerir de forma competente as finanças do condomínio. Empresas especializadas são extremamente eficazes e realmente ajudam neste quesito, pois auxiliam nas contas a pagar, emissão de boletos bancários, seleção e treinamento de funcionários, representação do condomínio em órgãos públicos e questões trabalhistas.

3 – Prestação de contas:
A trasparência em relação ao dinheiro é de extrema importância. É preciso mostrar onde está indo o que é cobrado mensalmente dos moradores. É papel do responsável pela gestão do condomínio prestar contas referentes aos gastos e/ou fundo de reservas do condomínio. Procure sempre realizar três orçamentos para a solução de problemas e solicite sempre nota fiscal ou recibo para comprovar o serviço prestado.

4 – Acompanhamento jurídico:
Assessoria contábil e jurídica são outros ítens de fundamental importância para o condomínio. É importante conhecer as leis e regras aplicadas ao mercado, dessa forma você protege o local onde mora e evita gastos futuros. Empresas que prestam serviços de gestão também realizam este serviço de forma exemplar, pois possuem departamento jurídico e contábil em sua equipe. Recolher encargos sociais e guias corretamente é vital para uma boa gestão.

5 – Manutenção do condomínio:
A manutenão é o que sempre deixará os moradores felizes e o condomínio valorizado. Muitas vezes as “chamadas extras” são necessárias para uma reforma, porém se o condomínio trabalhar com um fundo de caixa inteligente e transparente essas chamadas também podem ser evitadas.

Cuidando destes 5 pontos você estará no caminho certo para uma boa gestão em seu condomínio.